Quem me conhece sabe o quanto eu adoro hidratar o cabelo com óleos, além de serem naturais, tem propriedades nutritivas que fixa a coloração pra quem usa tinta, diminui a quebra dos fios e o ressecamento. Pra quem nunca ouviu falar sobre as três formas para manter os cabelos saudáveis, vou dizer por alto pra clarear o assunto: hidratação, nutrição, e reconstrução. Cada forma deve ser adaptada ao seu tipo de cabelo, mas todas são importantes.

Como estamos falando de óleos, ele é diretamente ligada à nutrição dos fios, tão importante como as outras três etapas acima citadas.

Com que freqüência devo hidratar?

Hidrato normalmente uma vez na semana, ou a cada quinze dias, varia conforme minha agenda e a correria. Mas Gi, o que vai mudar no meu cabelo? O resultado aparente vai variar de acordo com o/os óleos usados, e com o seu tipo de cabelo. Eu tenho cabelo tingido por cima de luzes, ou seja, tenho os fios bem ressecados. Fazendo uma vez na semana no meu cabelo, ele não fica pesado nem oleoso, mas se você tem cabelo bem fino, ou oleoso, faça uma vez a cada quinze dias.

Como eu faço:

Gosto de misturar mais de um tipo de óleo, passo óleo de coco na raiz pois sinto que ele diminui absurdamente o meu frizz, e no comprimento passo 1/2 de óleo de coco extravirgem + 1/2 de azeite de oliva + algum óleo essencial direcionado à necessidade do meu cabelo, ou deixo alguns raminhos de alecrim no vidro com essa mistura. Gosto muito de óleos essenciais mas é preciso ter cautela quando utilizados pois são muito concentrados. Caso você tenha pouco cabelo, queira que ele cresça mais, pode apostar em umas gotas de óleo de rícino, que é facilmente encontrado em farmácia)

Quanto tempo deixar no cabelo?

Na maioria das vezes eu passo os óleos puros no cabelo e deixo por pelo menos umas 3 horas, em um dia que meu cabelo está sujo e vou ficar em casa fazendo algo, ou até mesmo de um dia para o outro. Passo no cabelo todo, e faço um coque, coloco uma toalha no travesseiro e no outro dia eu lavo normalmente o cabelo passando o shampoo duas vezes.

Mesmo tendo raiz oleosa posso aplicar na raiz do cabelo?

Eu gosto de aplicar somente o óleo de coco, ele ajuda tratar da oleosidade do coro cabeludo, hidrata, além de ter propriedade bactericida, e antifúngica, além de fazer milagre com meu frizz.

Importante: sempre usar óleos extravirgens, sem petrolatos (derivados do petróleo)

Muito bacana também, é misturar óleos vegetais com óleos essenciais (mais uma vez, requer uma pesquisa antes de fazer qualquer mistura, e dar atenção caso esteja grávida, pela alta concentração dos óleos essenciais). Você pode ter óleos personalizados com as necessidades dos seus cabelos (adoro!). Listinha de óleos vegetais bacanas pra fazer essas misturas: óleo de abacate, de amêndoa doce, argan, arnica, calêndula, camomila, rosa mosqueta, semente de uva, dentre outros. Gosto muito de uma marca chamada “Phytoterápica”, como em uma farmácia aqui perto de casa, e uso os óleos essenciais pra inúmeras funções, mas isso é assunto para outro post, e quem sabe até um vídeo.

Gostaram? se quiserem saber mais sobre o assunto, me deixem aqui nos comentários que eu posso fazer outro post com as dúvidas ou até mesmo gravar um vídeo.

Super beijo G.

Write A Comment